Ministério da Saúde  
Informações de Saúde MS/SE/Datasus

Nascidos Vivos
Notas Técnicas

Origem dos dados

Atualização dos dados

Descrição das variáveis disponíveis para tabulação

Download dos arquivos

Outras formas de obtenção de informações


Origem dos dados

Os dados disponíveis são oriundos do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC), sistema este gerido pelo Departamento de Análise de Situação de Saúde, da Secretaria de Vigilância em Saúde, em conjunto com as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde.

As Secretarias de Saúde coletam as Declarações de Nascidos Vivos (DN) nos estabelecimentos de saúde e nos cartórios (para partos domiciliares) e entram, no SINASC, as informações nelas contidas.

Em 2011, houve uma mudança no conteúdo da Declaração de Nascidos Vivos, com maior detalhamento das informações coletadas. Para este ano, foram utilizados simultaneamente os dois formulários. Para mais detalhes sobre as mudanças ocorridas e os seus efeitos, veja o documento "Consolidação do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos - 2011".

Voltar ao início


Atualização dos dados

De uma maneira geral, as Secretarias Estaduais de Saúde enviam a sua Base de Dados para o Ministério da Saúde, quando consideram a coleta completa. O MS só pode considerar a Base Nacional completa quando todas as UF enviaram seus dados. A partir daí, é feita a consolidação, inclusive com a redistribuição dos dados pelo local de residência, a qual é a forma tradicional de apresentar os dados de Nascidos Vivos. Eventualmente, são feitas algumas correções nas informações.

A implantação do SINASC foi gradativa. Assim, ao analisar os dados, deve-se atentar que, apesar de implantado em todas as Unidades da Federação desde 1994, em algumas delas a coleta não abrange todos os municípios.

Voltar ao início


Descrição das variáveis disponíveis para tabulação

O Sistema de Informações de Nascidos Vivos coleta aproximadamente 30 variáveis das Declarações de Nascidos Vivos.

Através da Internet, O DATASUS e a SVS disponibilizam as principais informações para tabulação sobre as Bases de Dados do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC):

Nascim p/resid.mãe

Número de nascidos vivos, contados segundo o local de residência da mãe.

Nascim p/ocorrênc

Número de nascidos vivos, contados segundo o local de ocorrência do nascimento.

Local

Local (município, região metropolitana,microrregião, aglomerado urbano, regional de saúde, macrorregional de saúde, UF ou região) de residência da mãe (se estiver sendo tabulado nascidos vivos por residência) ou de ocorrência do nascimento (se estiver sendo tabulado nascidos vivos por ocorrência).

Ano do Nascimento

Ano de ocorrência do nascimento. Estão disponíveis os dados a partir de 1994, apesar de algumas UF terem iniciado a coleta antes desta data.

Local de ocorrência

Local de ocorrência do parto, conforme as seguintes categorias:

Idade da mãe

Faixa etária da mãe, nas seguintes categorias:

Instrução da mãe

Escolaridade/grau da mãe, nas seguintes categorias:

A existência de categorias com diferentes critérios ou que se sobrepõem deve-se a alterações nos formulários ao longo do tempo.

Estado civil mãe

Estado civil da mãe, nas seguintes categorias:

Nota: informação disponível somente a partir de 1999.

Duração gestação

Duração da gestação, conforme as seguintes categorias:

A existência de categorias que se sobrepõem deve-se a alterações nos formulários ao longo do tempo.

Tipo de gravidez

Tipo de gravidez, conforme as seguintes categorias:

Tipo de parto

Tipo de parto, conforme as seguintes categorias:

Consult pré-natal

Número de consultas de pré-natal, conforme as seguintes categorias:

A existência de categorias que se sobrepõem deve-se a alterações nos formulários ao longo do tempo.

Nota: informação disponível somente a partir de 1995.

Sexo

Sexo do nascido, conforme as seguintes categorias:

Cor/raça

Cor/raça do nascido, conforme as seguintes categorias:

Nota: informação disponível somente a partir de 1996.

Apgar 1º minuto

Valor do Apgar no 1º minuto, conforme as seguintes categorias:

Apgar 5º minuto

Valor do Apgar no 5º minuto, conforme as seguintes categorias:

Peso ao nascer

Peso ao nascer, conforme as seguintes categorias:

Anomalia congênita

Indicativo de existência de anomalia congênita, conforme as seguintes categorias:

Nota: informação disponível somente a partir de 1999.

Em 1999 e 2000, este indicativo foi determinado a partir da informação do tipo de anomalia congênita; se esta não informação não existia, não há como determinar se não há anomalia congênita ou não foi informado.

Tipo anomal congên

Tipo de anomalia congênita, conforme as seguintes categorias:

Nota: informação disponível somente a partir de 1999.

Voltar ao início


Outras formas de obtenção de informações

O Ministério da Saúde coloca à disposição da comunidade diversos meios para obter informações sobre Nascidos Vivos, além da Internet:

Voltar ao início

Formas de contato com a MS/SVS/DASIS

Por correspondência ou ofício:
Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Vigilância em Saúde - SVS
Departamento de Análise de Situação de Saúde - DASIS
Coordenação Geral de Informações e Análise Epidemiológica - CGIAE
 
SAF Sul - Trecho 2 - Lotes 5/6
Bloco F - Torre I Edifício Premium Térreo - Sala 15
70070-600 - Brasília, DF
 
Por telefone: (061)3315-7708/7710/7712
 
Por e-mail: cgiae@saude.gov.br

Formas de contato com o DATASUS

Por correspondência ou ofício:
Ministério da Saúde
Secretaria Executiva
Departamento de Informática do SUS
Coordenação Geral de Informações de Saúde
 
Rua México, 128, 8º andar
CEP 20.031-142 - Castelo
Rio de Janeiro - RJ
 
Por fax: (21)3985-7240
 
Pela página do Datasus, através do Fale conosco.

Pode ser utilizado para contato, também, o MS-BBS (Bulletim Board System) do DATASUS, através do telefone (21)3985-7050, em velocidade de até 56 Kbps, configuração 8-N-1, 24 horas por dia.

Neste BBS, podem ser copiados (download) para o seu micro novas versões dos softwares distribuídos, assim como outros utilitários e arquivos de interesse para a área de saúde.

Voltar ao início